Casa Glass

Mostra Glass Home 2022: um bosque de inspiração e arquitetura

Evento ocorreu de 22 de outubro a 18 de dezembro em Novo Hamburgo/RS

Integração com a natureza, experiências gastronômicas e arquitetura de alto padrão são os norteadores da Mostra Glass Home 2022, que ocorreu de 22 de outubro a 18 de dezembro. Nesta edição, pela primeira vez, o evento ocorreu em uma área de 16 mil m² em Novo Hamburgo e teve como mote “O Bosque”, já que o local é um verdadeiro oásis no centro da cidade.

A Mayresse Arquitetura esteve presente com o projeto CASA DA SERRA

Mostra Glass Home 2022: um bosque de inspiração e arquitetura

Evento ocorreu de 22 de outubro a 18 de dezembro em Novo Hamburgo/RS

Integração com a natureza, experiências gastronômicas e arquitetura de alto padrão são os norteadores da Mostra Glass Home 2022, que ocorreu de 22 de outubro a 18 de dezembro. Nesta edição, pela primeira vez, o evento ocorreu em uma área de 16 mil m² em Novo Hamburgo e tevecomo mote “O Bosque”, já que o local é um verdadeiro oásis no centro da cidade.

A Mayresse Arquitetura esteve presente com o projeto CASA DA SERRA

Com muito orgulho, este ano fomos convidados pela Mostra Glass Home, para assinar uma das casas da edição da mostra em meio a um bosque de 16 mil m² no coração de Novo Hamburgo/ RS!

Assim nasce a Casa da Serra: projeto arquitetônico construído em steel frame, no qual reproduzimos uma versão pocket de espaço gourmet, salas de jantar e estar e banheiro em 120m² de área construída e área de paisagismo, com dois espaços externos, para curtir o ambiente em meio à natureza!

No arquitetônico em si, buscamos uma volumetria minimalista e prática formada por dois volumes puros, com linhas retas e abundância de luz natural. Tanto a luz natural quanto a integração com a natureza, vivenciando o ambiente de dentro de casa, são elementos que sempre trazemos em nossas casas assinadas Mayresse Arquitetura. Além do bem-estar proporcionado pela conexão com o ambiente externo, temos maior eficiência energética através de vidros e cortinas tecnológicos, que filtram a luminosidade e o calor.

Para esta conexão com o externo, as esquadrias piso teto com folhas de abertura total são fundamentais. Desta forma, é possível abrir e fechar as esquadrias conforme a posição do vento e do sol.

No lugar do concreto aparente que utilizamos nas casas que construímos, optamos pelo revestimento Castelatto Nero na fachada externa, com uma tonalidade em cinza chumbo. Estas placas trazem os benefícios estéticos e funcionais do concreto aparente com a praticidade, durabilidade e demais vantagens das placas de concreto. No caso da Casa da Serra da Mostra Glass, um dos fatores mais importantes foi a agilidade em obra: não teríamos tempo hábil de fazer uma concretagem como fazemos em nossas casas e as placas da Castelatto são uma ótima alternativa, tão elegantes e duráveis quanto!

Com muito orgulho, este ano fomos convidados pela Mostra Glass Home, para assinar uma das casas da edição da mostra em meio a um bosque de 16 mil m² no coração de Novo Hamburgo/ RS!

Assim nasce a Casa da Serra: projeto arquitetônico construído em steel frame, no qual reproduzimos uma versão pocket de espaço gourmet, salas de jantar e estar e banheiro em 120m² de área construída e área de paisagismo, com dois espaços externos, para curtir o ambiente em meio à natureza!

No arquitetônico em si, buscamos uma volumetria minimalista e prática formada por dois volumes puros, com linhas retas e abundância de luz natural. Tanto a luz natural quanto a integração com a natureza, vivenciando o ambiente de dentro de casa, são elementos que sempre trazemos em nossas casas assinadas Mayresse Arquitetura. Além do bem-estar proporcionado pela conexão com o ambiente externo, temos maior eficiência energética através de vidros e cortinas tecnológicos, que filtram a luminosidade e o calor.

Para esta conexão com o externo, as esquadrias piso teto com folhas de abertura total são fundamentais. Desta forma, é possível abrir e fechar as esquadrias conforme a posição do vento e do sol.

No lugar do concreto aparente que utilizamos nas casas que construímos, optamos pelo revestimento Castelatto Nero na fachada externa, com uma tonalidade em cinza chumbo. Estas placas trazem os benefícios estéticos e funcionais do concreto aparente com a praticidade, durabilidade e demais vantagens das placas de concreto. No caso da Casa da Serra da Mostra Glass, um dos fatores mais importantes foi a agilidade em obra: não teríamos tempo hábil de fazer uma concretagem como fazemos em nossas casas e as placas da Castelatto são uma ótima alternativa, tão elegantes e duráveis quanto!

“A CASA DA SERRA NA MOSTRA GLASS, representa muito para a Mayresse. Sendo o nosso primeiro grande projeto em uma mostra de arquitetura. Um projeto onde conseguimos trazer nosso conceito moderno e minimalista, associado à relevância junto aos nossos fornecedores, com materiais de altíssima qualidade. Que, juntamente com o design, transformam a Casa da Serra em um projeto único”.

 

CADU MAYRESSE – CEO | Arquiteto Diretor Criativo

“A CASA DA SERRA NA MOSTRA GLASS, representa muito para a Mayresse. Sendo o nosso primeiro grande projeto em uma mostra de arquitetura. Um projeto onde conseguimos trazer nosso conceito moderno e minimalista, associado à relevância junto aos nossos fornecedores, com materiais de altíssima qualidade. Que, juntamente com o design, transformam a Casa da Serra em um projeto único”.

 

CADU MAYRESSE – CEO | Arquiteto Diretor Criativo

No projeto de interiores, a inspiração veio das viagens à Dubai em 2021 e ao Salone del Mobile di Milano que visitamos em maio de 2022. Em ambas as experiências percebemos o retorno do luxo através da pedra retroiluminada, das diagonais seguidas de curvas no shape dos móveis. Na escolha do mobiliário solto, prevalecemos com nossa característica, nossa essência: tons neutros e versáteis. O cinza, o preto, a madeira natural e o couro são elementos atemporais e que trazem o aconchego que uma casa de serra necessita. O preto, inclusive, no rebaixo do teto, contribui para o acolhimento da casa que funciona também como uma forma de minimizar a incidência da luz elétrica quando está acesa.

Por falar em couro, a lâmina de MDF escolhida para o armário aéreo do gourmet, traz esta textura e cor. Ao toque, percebemos que é MDF. Mas ao olhar, temos a sensação de estar olhando para o couro, presente também nas banquetas.

O paisagismo externo está em nosso DNA. Muitas plantas e áreas de lazer formadas por estofados, para proporcionar às famílias curtirem o ambiente externo, a luz do sol, a brisa do vento e, no caso de uma Casa da Serra, o tradicional FOG que nasce em meio aos vales montanhosos quase que diariamente.

A Casa da Serra é formada por um ambiente único, que integra social, gourmet e ambiente externo. Compacto em metragem, comparado aos nossos projetos (este tem 120m²), mas com sensação de amplitude proporcionada pelos grandes panos de vidro que se abrem e conectam com o exterior.

A ideia da Casa da Serra foi criar é mostrar a facilidade que uma casa inteligente proporciona aos moradores. Começamos pela tecnologia. A casa é toda automatiza: telão, ar-condicionado, cortinas rolô da Hunter Douglas, som, luzes das pedras retro iluminadas que compõem o painel da sala de cinema que criamos. A adega personalizada produzida sob medida feita empresa gaúcha La Cava, e a marcenaria formada por pedras na bancada central e no balcão do fundo, são elementos fundamentais que trazem o tom dos elementos de interiores relevantes para uma casa de serra, seja ela de moradia ou de final de semana.

O design autoral também está presente nos móveis soltos que escolhemos. O sofá Herman Natuzzi Italia com um harmonioso, abrangente e altamente modular sistema de assentos. O diferencial é o elegante suporte metálico em torno do encosto e do assento, proporcionando dinamismo à estrutura. O formato desta estrutura metálica lembra as curvas que vimos em nossa experiência em Dubai, nos Emirados Árabes, que traduz muito bem o futuro através do design.

 

CASA DA SERRA by Mayresse Arquitetura
120m² – Mostra Glass Novo Hamburgo
(aberta para visitação até 18/12/2022)

compartilhe:

Facebook
Pinterest
Whatsapp

No projeto de interiores, a inspiração veio das viagens à Dubai em 2021 e ao Salone del Mobile di Milano que visitamos em maio de 2022. Em ambas as experiências percebemos o retorno do luxo através da pedra retroiluminada, das diagonais seguidas de curvas no shape dos móveis. Na escolha do mobiliário solto, prevalecemos com nossa característica, nossa essência: tons neutros e versáteis. O cinza, o preto, a madeira natural e o couro são elementos atemporais e que trazem o aconchego que uma casa de serra necessita. O preto, inclusive, no rebaixo do teto, contribui para o acolhimento da casa que funciona também como uma forma de minimizar a incidência da luz elétrica quando está acesa.

Por falar em couro, a lâmina de MDF escolhida para o armário aéreo do gourmet, traz esta textura e cor. Ao toque, percebemos que é MDF. Mas ao olhar, temos a sensação de estar olhando para o couro, presente também nas banquetas.

O paisagismo externo está em nosso DNA. Muitas plantas e áreas de lazer formadas por estofados, para proporcionar às famílias curtirem o ambiente externo, a luz do sol, a brisa do vento e, no caso de uma Casa da Serra, o tradicional FOG que nasce em meio aos vales montanhosos quase que diariamente.

A Casa da Serra é formada por um ambiente único, que integra social, gourmet e ambiente externo. Compacto em metragem, comparado aos nossos projetos (este tem 120m²), mas com sensação de amplitude proporcionada pelos grandes panos de vidro que se abrem e conectam com o exterior.

A ideia da Casa da Serra foi criar é mostrar a facilidade que uma casa inteligente proporciona aos moradores. Começamos pela tecnologia. A casa é toda automatiza: telão, ar-condicionado, cortinas rolô da Hunter Douglas, som, luzes das pedras retro iluminadas que compõem o painel da sala de cinema que criamos. A adega personalizada produzida sob medida feita empresa gaúcha La Cava, e a marcenaria formada por pedras na bancada central e no balcão do fundo, são elementos fundamentais que trazem o tom dos elementos de interiores relevantes para uma casa de serra, seja ela de moradia ou de final de semana.

O design autoral também está presente nos móveis soltos que escolhemos. O sofá Herman Natuzzi Italia com um harmonioso, abrangente e altamente modular sistema de assentos. O diferencial é o elegante suporte metálico em torno do encosto e do assento, proporcionando dinamismo à estrutura. O formato desta estrutura metálica lembra as curvas que vimos em nossa experiência em Dubai, nos Emirados Árabes, que traduz muito bem o futuro através do design.

 

CASA DA SERRA by Mayresse Arquitetura
120m² – Mostra Glass Novo Hamburgo
(aberta para visitação até 18/12/2022)

compartilhe:

Facebook
Pinterest
Whatsapp
Abrir bate-papo
Olá ????
Podemos ajudá-lo?