Parque Guell e as cores de Gaudí

Construído em 1900, o parque criado por Gaudí em Barcelona é cercado por formas onduladas, estátuas e figuras de animais, muitas cores e formas geométricas distribuídas em 17 hectares.

O parque conta com uma estrutura inspirada nas formas da natureza. Os mosaicos feitos em cerâmica e muito coloridos são o que mais chamam a atenção no local, que em 1984, foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Parque Guell, o parque criado por Gaudí em Barcelona

Foto: Shana Lima / Cadu Mayresse

O ponto central do local é uma grande praça. Nela se encontra um banco de 110 metros de longitude, com aparência de serpente, coberto por pequenos pedaços de cerâmica.

O parque, construído no Monte Carmel, aproveita o desnível de 60 metros da montanha. Em seu ponto mais alto, havia o plano de construção para uma capela que foi substituída pelo Monumento ao Calvário, que oferece a melhor vista de Barcelona.

Além de todo o espaço externo, o parque conta com a Casa Museu Gaudí, onde o arquiteto morou entre 1906 e 1925 e é possível encontrar diversas obras do artista. Ainda no complexo pode-se visitar a Casa do Guarda, onde se encontram exposições audiovisuais sobre a história e passado do parque.

Casa Museu Gaudí, no parque criado por Gaudí em Barcelona

Foto: Shana Lima / Cadu Mayresse

O parque recebe mais de 12 milhões de turistas por ano, que se encantam com as belíssimas obras de Gaudí. Quanto ao ingresso, há duas opções: visitas guiadas e ingressos para visitação solo.

Horários:

1 de janeiro a 25 de março: das 8h 30 às 19h.

26 de março a 30 de abril: das 8h às 20h30.

1 de maio a 27 de agosto: das 8h às 21h30.

28 de agosto a 28 de outubro: das 8h às 20h30.

29 de outubro a 31 de dezembro: das 8h30 às 18h30.

Ingressos: Entre €7 e €10